terça-feira, 9 de março de 2010

TEORIA DOS MUNDOS

Os Países foram separados em "Três Mundos" Durante a Guerra Fria, quando eram classificados de acordo com seus aliados.

Teoria dos Mundos: Designação dada as subdivisões do mundo por grandeza econômica (entre 1945 e 1990), depois deste período as diferenças entre os mundos se combinam em vários aspectos, tendo a teoria caído em desuso. Atualmente é usado Países Desenvolvidos e Países subdesenvolvidos. Segundo essa classificação, como nações desenvolvidas constituiriam o Primeiro Mundo. As nações do antigo bloco socialista constituiriam o Segundo Mundo. As demais nações constituiriam o Terceiro Mundo.

Pós comunismo
Com a queda da União Soviética, e da integração dos antigos paises do segundo mundo no Leste Europeu, o segundo mundo deixou de existir. O mundo hoje é mais freqüentemente dividido em países desenvolvidos, países em desenvolvimentopaíses subdesenvolvidos.
Como muitos paises em desenvolvimento são industrializados, o Quarto Mundo foi o termo cunhado para se referir aos paises que continuam predominantemente agrícolas ou nômadesfalta de infra-estrutura industrial. No entanto, tais termos podem criar confusão porque Quarto Mundo é utilizado pelos estudiosos para se referir um nações sem Estado (como as nações indígenas das Américas). Os paises que eram considerados paises em desenvolvimento, mas que agora possuem uma economia mais desenvolvida são agrupados sob a designação de paises industrializados recentemente, enquanto que aqueles que não foram industrializados, tem um PIB menor e possuem um baixo índice de desenvolvimento humano são muitas vezes referidos como Países Menos Desenvolvidos.
Com a queda da União Soviética e o fim do regime socialista na maior parte do mundo, é mais comum classificar as nações em:
Desenvolvidas: São as nações que compoem o antigo Primeiro Mundo. São ricas, industrializadas, democráticas e com alto índice de desenvolvimento humano. Exemplos: Estados Unidos, Noruega, Suécia, Dinamarca, Japão, Alemanha, Austrália, Portugal, Itália.
Emergentes: São nações ricas e industrializadas (ou exportadoras de petróleo), mas que aindam apresentam problemas sociais e econômicos. São democráticas em sua maioria, existem exceções notáveis, como a China. Exemplos: Argentina, Rússia, China, Índia e Brasil.
Subdesenvolvidas: São as nações pobres, com baixo desenvolvimento humano, alta dependência externa e economia primária. A maioria delas vive sob regimes não-democráticos. Exemplos: Afeganistão, Serra Leoa, Albânia, Haiti.
Segundo alguns teóricos, existiriam ainda mais dois tipos:
• As nações internacionalmente reconhecidas, mas não independentes, constituiriam o Quarto Mundo (exemplos: a Palestina eo Tibete).
• As fantasias nacionais (como as micronações) o constituiriam em Quinto Mundo.

Primeiro Mundo
O Primeiro Mundo, também chamado de grupo dos países desenvolvidos, é composto por países que possuam economias fortes e altos indicadores sociais, tais como qualidade de vida, por exemplo. Parte da Europa e da América são fortes exemplos disso. Nem sempre os paises mais ricos são os mais desenvolvidos capitalistas.

Segundo Mundo
De acordo com a Teoria dos Mundos o Segundo Mundo são as nações do antigo bloco socialista constituiriam o Segundo Mundo, exemplo, a antiga União Soviética.
O termo está hoje em desuso. Vários autores consideram ainda uma nova definição para "Segundo Mundo", que seria composto pelos países de economia emergente, tais como do grupo BRIC (Brasil, Rú ssia, China e Índia), Argentina e México, por apresentarem ora características do primeiro mundo, ora do terceiro.

Terceiro Mundo
Terceiro Mundo de acordo com a Teoria dos Mundos é um termo usado para designar nações de economia subdesenvolvida ou em desenvolvimento. Aplica-se, geralmente às nações pobres da América Latina, da África e da Ásia.
A origem do nome está na idéia do demógrafo francês Alfred Sauvy, que propunha a idéia de um Terceiro Mundo, inspirado na idéia do Terceiro Estado, usada na Revolução Francesa. Os países membros do chamado Terceiro Mundo deveriam se unir e revolucionar a Terra, como fizeram os burgueses e revolucionários na França. Os chamados Primeiro e Segundo Mundo surgiram de uma interpretação errônea por parte da mídia, que não entendeu uma mensagem de Sauvy. Como consequência, hoje, muitos atribuem o nome a chamada "Velha Ordem Mundial", uma divisão geopolítica de poderes e blocos de influência durante o período da Guerra Fria (1945 - 1989). O "Primeiro Mundo" seria o dos países capitalistas desenvolvidos, o "Segundo Mundo" seria o dos países socialistas industrializados. Restariam no "Terceiro Mundo" os países capitalistas economicamente subdesenvolvidos e geopoliticamente não-alinhados.
O termo foi oficialmente adotado durante uma reunião de países asiáticos e africanos que se emanciparam da colonização européia, em abril de 1955, na Conferência de Bandung, na Indonésia. É a partir dessa denominação que esses países, considerados pobres e com sérios problemas sociais como a violência, a miséria extrema e a corrupção, buscaram chamar a atenção do mundo. No entanto, muitos desses países acabaram depois cobiçados por forças políticas e sociais ligadas a cada uma das duas facções da Guerra Fria, um comunista e a capitalista.
Após o fim da União Soviética, o termo vem caindo em gradual desuso, preferindo-se usar o termo "países em desenvolvimento", evidenciando o caráter econômico e social do povo. Ressalvas são feitas com relação a alguns países latino-americanos como Brasil e México, que são industrializados embora ainda tenham indicadores sociais aquém dos países de primeiro mundo. Os Países do Cone Sul em geral são tratados como "Terceiro Mundo", mas atualmente não podem ser considerados países subdesenvolvidos, uma vez que seus indicadores sociais e econômicos os aproximam mais de alguns países da Europa que dos países relamente subdesenvolvidos.

Exemplos de Países
São comumente considerados "Terceiro Mundo" as seguintes regiões do planeta:
• África (ressalvas quanto à África do Sul e Seychelles)
• América Latina (ressalvas quanto ao Brasil, Argentina, Chile, México e Uruguai)
• Ásia (exceto Japão, Israel, Coréia do Sul, Brunei, Singapura, Taiwan e Hong Kong, ressalvas quanto a Rússia, Índia, Malásia e Tailândia)

Quarto Mundo
Quarto Mundo, de acordo com a Teoria dos Mundos, são as nações internacionalmente reconhecidas, mas não independentes, por exemplo, o Curdistão e o Tibete. Na França, o conceito de "Le Quart Monde", o quarto mundo, refere-se à população pobre ou miserável oriunda e que vive nos países ricos ditos de "primeiro mundo".

Quinto Mundo
Quinto Mundo, de acordo com uma mitologia de vários grupos de nativos americanos nos Estados Unidos, é a proxima reencarnação do mundo. Segundo as suas crenças, neste momento nós estaríamos vivendo "Quarto Mundo".
Esta designação é igualmente usada por um grupo de pessoas que se reúne na Internet e que acredita numa nova ordem mundial, como as micronações, por analogia com uma hierarquia habitual das nações do planeta, divididas em primeiro, segundo e terceiro mundos.

Origem: Wikipédia

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário